Me olhe... eu gosto!

Me comente... eu preciso!

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, assinou um decreto no qual ordena a abertura dos arquivos relacionados à atuação das Forças Armadas durante a ditadura militar no país, entre 1973 e 1986.
A ditadura argentina foi uma das mais violentas da região. Em sete anos cerca de 30 mil pessoas desapareceram pelas mãos das autoridades da ditadura.
Que bom será se outros arquivos tão importantes quanto estes da Argentina, aqui pelas bandas do Brasil também recebessem igual tratamento. Passou da hora de deixarmos de lado essa amnésia política e arregaçar publicamente os segredinhos , jogando luz nos escuros tenebrosos do passado do nosso país.

2 comentários:

Xisto Bueno disse...

Ah, quem dera que nossos arquivos secretos deixassem os escaninhos do governo e ganhassem a mídia.
Esse governo, pelo histórico do partido, deveria ter o compromisso de abrir esses segredos. Mas não abre. Mais uma vez, vamos ficar à espera de alguém com coragem. Talvez esse alguém não chegue nunca.
Obrigado pela visita ao meu blog.. ele anda muito abandonado (sobretudo por mim).

er... disse...

tem razão sobre a abertura de arquivos secretos... mas a amnésia nesse país é mais profunda, não existe uma cultura política como a existente na argentina... alem do mais veja mente...